A Avaliação Institucional é um instrumento que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES, juntamente com a Avaliação Institucional Externa e o Exame Nacional de Desempenho do Estudante (ENADE). É um processo que, além de deslocar a ênfase no desempenho do aluno para a instituição, fornece aos dirigentes, subsídios para o desenvolvimento institucional. Os processos de avaliação institucional que orientam o desenvolvimento institucional não são novos no campo da gestão. O desenvolvimento de uma empresa deriva de uma dinâmica gerada pelo ritmo das transformações sociais e, numa Instituição de Ensino Superior, esta dinâmica é essencial para o desempenho de suas funções sociais. A Avaliação Institucional pode desempenhar papel fundamental no monitoramento dessas transformações sociais.
O processo de avaliação institucional apresenta mecanismos que desencadeiam a participação social na formulação de políticas educacionais, no planejamento, na tomadas de decisão e na organização de ações, promovendo um modelo de gestão democrática.
O Programa de Avaliação da Faculdade, objetiva à melhoria da qualidade de seus serviços, atendendo aos desafios inerentes no SINAES/MEC. Propõe-se ao cumprimento dos princípios básicos que devem reger os seguintes processos avaliativos:

  1. O da credibilidade, fundado na competência técnica e da fidedignidade dos dados e evidências utilizadas;
  2. O da legitimidade, decorrente de sua relevância social e instrumental para a qualidade da formação oferecida;
  3. O da transparência dos procedimentos, critérios e resultados, e;
  4. O da participação, a começar pelo caráter voluntário e aberto que as avaliações devem conter.